Buscar
  • Engº Denis Pfeiffer

A importância da manutenção de equipamentos e sistemas de ar condicionado

São vários os benefícios de uma manutenção eficiente em equipamentos de ar condicionado.


De todos os benefícios, destacamos os que estão diretamente relacionados à saúde humana.


A qualidade do ar climatizado artificialmente em ambientes fechados, se bem projetado, filtrado e limpo com frequência, é muito superior à qualidade do ar exterior não tratado. Proporciona conforto térmico aos ocupantes, maior produtividade das tarefas e menores taxas de absenteísmo (ausência no trabalho por motivos de doença).


O ar interno que respiramos nesses ambientes passam por vários componentes do equipamento e sistema, para ser tratado, filtrado e resfriado (ou aquecido), e devolvido nos ambientes, agregando-se uma parcela de ar exterior (renovação de ar).


Os componentes principais que possuem contato com o ar, como bandejas, serpentinas e ventiladores, se não estiverem devidamente limpos e higienizados, podem provocar a proliferação de fungos e bactérias nocivos à saúde. Também ar não filtrado convenientemente, pode circular vírus nos ambientes, aumentando a disseminação e o contágio.


Cada vez mais as pessoas precisam se conscientizar da importância da manutenção.



Alheio à conscientização das pessoas, existem as leis, portarias, resoluções e as normas técnicas, que obrigam estabelecimentos comerciais e públicos a implantarem um Plano de Manutenção, Operação e Controle (PMOC) eficiente.


Podemos citar as mais importantes:


  • Lei Federal nº 13.589/2018, sancionada em 04/01/2018 e publicada em 05/01/2018 no Diário Oficial da União, que determina que todos os edifícios, públicos ou privados, serão obrigados a fazer a manutenção mensal de seus sistemas de ar condicionado.

  • Portaria nº 3523/98 do Ministério da Saúde, que estipula que edifícios precisam fazer a manutenção dos sistemas de climatização a partir de um Plano de Manutenção, Operação e Controle (PMOC), com o objetivo de prevenir ou minimizar riscos à saúde dos ocupantes.

  • Resolução RE-09 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e posteriores alterações, que estipula os indicadores aceitáveis presentes no ar, como quantidade de contaminantes, temperatura, umidade relativa e velocidade do ar.

  • NBR-13971 da ABNT, que estabelece todas as rotinas de manutenção preventiva e a sua periodicidade ideal de intervenção


Com o cumprimento da legislação e implantação do PMOC eficaz, podemos ter também como benéficos gerais:


  • Maior conservação dos equipamentos, aumentando a sua vida útil;

  • Maior otimização da operação dos equipamentos, com a máxima eficiência energética (economia de energia);

  • Maior garantia dos indicadores estipulados de qualidade do ar, preservando a saúde, o bem-estar e a satisfação das pessoas;

  • Cumprimento com as rotinas estipuladas pela lei, normas e pelos fabricantes;


Como pudemos observar, são vários os benefícios de termos um equipamento limpo, em boas condições de operação.



Importante:


Manutenção e Instalação de equipamentos e sistemas de ar condicionado são consideradas atividades de engenharia. Contrate sempre empresas ou profissionais capacitados. Exija sempre antes do início de qualquer atividade, para uma maior segurança, o recolhimento de uma ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) por parte do prestador de serviço, no CREA do seu estado.


0 visualização