Buscar
  • Engº Denis Pfeiffer

As Altas Temperaturas Esperadas nos Próximos Meses


Você sabe quais as recomendações em relação ao uso do seu ar-condicionado nessa época de pandemia?

Estão previstas altas temperaturas nos próximos meses, de outubro a março do ano que vem e um assunto muito importante que não pode ser deixado de lado é a utilização do ar condicionado nessa época de pandemia.


A principal recomendação no uso de sistemas de ar condicionado é a diluição do ar circulado nos ambientes, através da renovação com ar externo, e o uso de filtros limpos e eficientes.


Manter uma frequência mínima de manutenção mensal de todos os componentes dos sistemas também é fundamental.


Esses procedimentos reduzem a concentração de contaminantes de um modo geral, incluindo vírus.

Equipamentos Split

No caso dos equipamentos do tipo split, a maioria dos sistemas foram projetados e instalados sem renovação do ar, apesar das normas técnicas recomendarem um percentual de ar externo, independente do tipo de sistema. Nesses casos, sem ar de renovação, uma solução imediata seria manter os equipamentos desligados e abrir o máximo possível a quantidade de janelas.


Caso não hajam janelas para uma ventilação natural, recomendamos a não ocupação desses ambientes. A regularização desses sistemas com ar de renovação e filtrado é fundamental.

Grandes Sistemas

Para grandes sistemas, como centrais com redes de dutos utilizando equipamentos tipo fan-coil, self contained e “splitões”, já existem na maioria dos projetos e instalações uma tomada de ar exterior com filtro nas casas de máquinas, proporcionando ar circulado com diluição de contaminantes nos ambientes.


Mesmo nessas situações, caso possível, devido às elevadas temperaturas externas, recomendamos durante a pandemia, o ar condicionado funcionando com pelo menos duas janelas parcialmente abertas, proporcionando uma corrente de ar nos ambientes. Esse procedimento deve gerar uma temperatura interna um pouco maior do que a temperatura ideal para conforto, e o equipamento irá trabalhar mais, proporcionando um maior consumo de energia elétrica, porém haverá maior diluição do ar circulado e menos riscos de contaminação.


Para maiores esclarecimentos e dúvidas recomendamos sempre consultar um profissional habilitado, com responsabilidade técnica.


Quer saber mais? Entre em contato com a Air Confort.


11 visualizações